Guia para iniciantes na Impressão 3D

Sua Impressora 3D acabou de chegar! Que maravilha, mas e agora? Quais os primeiros passos? A maioria dos problemas iniciais da Impressão 3D podem ser resolvidos com um pouco de leitura e eu vou tentar lhes ajudar com isso.

Guia para iniciantes na Impressão 3D

Recomendações

Se você tiver sorte e após a montagem da sua Impressora tudo correr bem você pode comemorar! Porém o comum é que isso não aconteça, e você terá uma curva de aprendizado maior.

É um tanto comum quem adquire uma Impressora não tão “automatizada” aprender bem mais a respeito de impressão 3D e manutenção, embora isso possa lhe custar um pouco de cabelo e dinheiro.

Com ou sem sorte, vamos aos primeiros passos a serem dados após a montagem da Impressora.

Fatiador

Guia para iniciantes na Impressão 3D 1

Os fatiadores podem ser baixados online ou instalados a partir do cartão de memória ou pendrive que normalmente acompanham a impressora (assim como também drivers, manuais de montagem, até alguns gcodes que podem ser impressos diretamente pela máquina).

Mas afinal o que é um fatiador? O fatiador como o nome diz é o software responsável por “fatiar” o objeto em camadas tornando possível que a impressora leia esse arquivo e então a imprima.

Todos os arquivos 3D, não importa o formato (STL, OBJ, X3D e Etc) tem que serem fatiados previamente pois a Impressora só consegue ler após feita essa conversão.

Esse fatiamento converte o arquivo da impressora em um formato conhecido por Gcode.

Gcode

Mas o que é um Gcode? Gcode, é a nome dado à linguagem de programação criada a partir da necessidade automatização maquinários industriais que faziam uso do sistema CNC.

O Gcode tem como função principal instruir a máquina a se mover geometricamente nas três dimensões, x, y e z. É uma linguagem simples, trata-se de linhas sequenciais de instruções, cada linha é responsável por uma tarefa específica e o programa é executado linha por linha até o fim do código.

Calibrando a Impressora

Agora que você já sabe o que fazer com os arquivos 3D, vamos começar a calibrar a Impressora!

Calibrar bem a sua Impressora é definitivamente o passo mais importante a se fazer para ter uma boa impressão. Calibrando a impressora você irá conseguir uma boa aderência do filamento na base e garantir que a impressão tenha qualidade.

  • Eixo X – Qual o eixo X? O eixo X é o eixo horizontal da sua Impressora que vai da direita para a esquerda
  • Eixo Y – Qual o Eixo Y? O eixo Y é o que se move de trás para a frente da sua Impressora, é onde está a base da mesa aquecida.
  • Eixo Z – Qual o eixo Z? É o eixo vertical que sobe e desce na sua Impressora.

Calibrando Eixo x

  1. Coloque menu da impressora 3D e opção de movimentação dos eixos
  2. Desative todos os motores de passo através do menu.
  3. Mova o Hotend para o centro da impressora. (A peça parte por onde sai o plástico na sua Impressora)
  4. Usando um paquímetro meça a distância no lado esquerdo e direito das hastes do eixo x da impressora em um ponto de altura comum. Em algumas impressoras 3D, você pode usar o quadro, pois ambos têm a mesma altura do eixo x em ambos os lados. Você pode precisar medir a diferença de altura das hastes do eixo x em relação à superfície em que a impressora 3D está colocada. Ajuste os lados esquerdo e direito do eixo x até que ambos os lados estejam com a distância igual dos seus pontos comuns.
  5. Repita as etapas acima novamente para garantir que o eixo x esteja nivelado com a base da impressora. Pode ser necessário fazer isso algumas vezes até que o nível fique nivelado; continue refazendo as etapas acima até conseguir uma altura igual.

Nivelando a Mesa Aquecida

Agora vamos passar para o nivelamento da mesa, a maioria dos fabricantes de Impressora recomendam o uso de uma folha de papel para nivelar a mesa, eu não acho que essa seja a ferramenta ideal, mas ela pode ajudar e muito ao calibrar a mesa, se tiver a disposição um calibrador de lâminas, ótimo! Se não seguimos usando o papel.

Onde podemos calibrar a mesa? Na parte inferior da mesa temos um conjunto que geralmente é composto por 4 parafusos, porcas e molas. Eles servem para manter a mesa aquecida no lugar, vamos usá-los para nivelar a mesa.

Vamos começar o nivelamento!

Vamos imaginar que cada ponta da mesa é um quadrado imaginário, vamos usar esses 4 pontos como pontos de nivelamento para a mesa.

  1. Desative os motores de passo através do menu da sua impressora 3D.
  2. Mova manualmente sua extrusora no eixo x e a base da impressora no eixo y para que você possa posicionar o bico em um dos pontos de medição imaginários.
  3. Usando uma folha de papel, meça a folga entre o bico e a base da impressora. O objetivo é apertar ou afrouxar a porca de nivelamento até que o papel raspe levemente na distância entre o bico e a mesa aquecida.
  4. Agora repita o mesmo procedimento anterior em todos os outros cantos da mesa. Feito isso, repita novamente o processo em todos os cantos. É normal que precise dar algumas voltas até atingir um resultado satisfatório. Pode ser cansativo, mas, uma vez feito, você não precisa nivelar a mesa por um bom tempo.

Vamos repetir os passos acima dessa vez com a mesa quente.

Cuidado! Lembrasse que agora a mesa está aquecida, não quero que você tenha queimaduras e se machuque ao calibrar sua Impressora.

Quando o bico da extrusora aquece e também a cama os materiais se dilatam e a distância entre os pontos calibrados anteriormente mudam um pouco, mas não se preocupe, agora teremos menos trabalho.

  1. Entre no controle dos eixo do menu da impressora.
  2. Desative todos os motores de passo no menu da impressora.
  3. Verifique se o bico não está tocando na cama. Se necessário, mova manualmente o bico da impressora para uma posição em que não fique sobre a mesa
  4. Aqueça a extrusora e a cama através do menu da impressora até uma temperatura de trabalho. Para a maioria dos filamentos PLA a base da impressora deve ser ajustada em torno de 60˚C. Deixe aquecendo por cerca de 10 minutos (mais tempo, se estiver em um ambiente frio), para que a cama aqueça uniformemente. Agora, lembre-se de que sua segurança é importante! A cama da sua impressora está quente, então use algo para mover a mesa se necessário.
  5. Aqueça a extrusora a 210 ° C.
  6. Para evitar que você arranhe acidentalmente sua cama, use o menu da impressora para aumentar um pouco a altura do eixo Z, cerca de 5mm. Em seguida, coloque o bico da impressora sobre um dos pontos imaginários para medir a distância entre o bico e a mesa.
  7. Comece a abaixar sua altura Z aos poucos até o zero, para garantir que o bico fique encostando levemente no papel, após isso basta repetir o processo nos outros pontos sem esquecer de conferir a distância novamente sempre que calibrar uma ponta.
  8. Siga a etapa 6 até que sua cama esteja nivelada novamente.

Cubo de Calibração

Após esses passos creio que você já é capaz de ao menos imprimir algum objeto com uma boa qualidade, então basta testar a sua Impressora imprimindo um cubo de calibração.

Correias

A maioria das Impressoras 3D atuais usam correias nos eixos X e Y. Essa correia precisa estar tensionada na medida certa(nem frouxa nem muito apertada) para que a impressão seja feita de forma correta. Para facilitar esse processo usasse os famosos tensionadores de correias.

Devido a importância desse ajuste muitas impressoras já saem de fábrica com seus tensionadores de correia. Se não for o caso da sua você pode facilmente encontrar STL’s para esses tensionadores em qualquer site de STL`s.

Índice

Última Atualização
12/03/2020
Autor
Manuel Guerra
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
×

Carrinho