Linear Advance – Mais velocidade e Qualidade de Impressão

Já esgotou todas as maneiras de aprimorar a qualidade da sua impressora 3D? Pois, saiba que é possível melhorar ainda mais a qualidade com uma configuração avançada pouco conhecida.

Conheça mais sobre o Linear Advance e como configura-lo na sua impressora 3D.

Linear Advance – Mais velocidade e Qualidade de Impressão

Oque é

linear advance

O esperado de uma extrusão é que ela mantenha o mesmo fluxo de filamento durante todo o processo de extrusão independente da velocidade usada. Assim como uma linha feita digitalmente.

O fatiador e o firmware tentam seguir essa ideia. Para isso, durante velocidades mais altas dos carrinhos, aumenta-se também a da extrusora. Porém, isso provoca uma falha no início de cada uma dessas transições de velocidade.

Em transições mais rápidas temos o efeito inicial da ilustração acima de sub-extrusão, e durante a transição para velocidades mais lentas temos a extrusão em excesso.

Vantagens

As vantagens de um Linear Advance bem configurado são as seguintes:

  • Curvas mais precisas – Controle na redução de velocidades das curvas
  • Mais velocidade – Possibilidade de aumento de velocidade sem redução de qualidade
Linear Advance - Mais velocidade e Qualidade de Impressão 1
O cubo é uma ótima peça para se observar os efeitos do Linear Advance. As curvas acumulam mais filamento por conta da redução de velocidade. Na foto: Antes e Depois do Linear Advance.

Configuração

A configuração é dividida em 5 etapas:

  1. Impressão teste
  2. Ativando o Linear Advance no Marlin
  3. Imprimindo os Padrões de Teste – Ai que você obtém os valores que farão a mágica
  4. Alterando o K value – A mudança que fará a mágica acontecer
  5. Impressão teste – Impressão teste após a calibração para comparação

Impressão Teste(antes)

Impressão teste antes da calibração para depois ser usada como critério de avaliação.

O melhor item para avaliar isso são cubos simples. Nesse teste usaremos o seguinte cubo: Link

Ativando o Linear Advance no Marlin

A configuração no Marlin não poderia ser mais simples, basta dar um Ctrl+ F para encontrar e descomentar o seguinte trecho de código:

#define LIN_ADVANCE

Feito isso basta compilar o firmware e inserir o cartão na Impressora(Tutorial de compilação).

Imprimindo os Padrões de Teste

O valor usado para alterar a pressão da engrenagem é o chamado valor K(ou K value).

Curiosidade PRO: K value = mm de compreesão necessária por 1mm/s de extrusão da engrenagem

A comunidade Marlin criou um incrível gerador de gcode para esse teste. É ele quem lhe ajudará a encontrar o seu valor K.

Gerador de K value – Os valores a serem inseridos neles são bem simples e costumam ser os padrões para boa parte das impressoras.

Accelaration e Jerk estão com valores que costumam ser padrões e para a maioria dos casos não precisão ser alterados.

Bed Leveling só se usar algum tipo de nivelador automático.

Prime Nozzle é uma boa ideia ativar.

Os valores de K assim como todos os outros valores de “pattern” e “advanced” também podem deixados sem alterações.

Feito isso você já pode clicar em “Generate G-code” e depois em “Download as file”

Pronto você já pode colocar esse arquivo no cartão SD e mandar imprimir.


Serão impressos várias linhas horizontais, oque você terá que fazer é observar quais linhas terão as melhores qualidade de impressão.

Por exemplo, se as suas melhores linhas ficaram na região do 0.4 e 0.8. Você voltará para o gerador e irá alterar as seguintes linhas:

  • Starting Value for K: 0.4
  • Ending Value for K: 0.8
  • K-factor stepping: 0.05 (de quanto em quanto os padrões serão gerados)

Dessa forma o gerador irá gerar um novo arquivo refinando os detalhes apenas para essa área.

Imprima e refaça as análises. Se achar que encontrou um resultado satisfatório você já pode coletar o valor. Se não achar satisfatório pode repetir o teste para refinar ainda mais.

Alterando o K-value

O K-value pode ser alterado de duas formas, escolha a que preferir:

  • Usando software controlador(Pronterface, Repetir Host…) Essa forma geralmente é a mais indicada, você manda o comando para a impressora de acordo com o filamento que vai usar no momento.
  • Usando o MarlinEssa forma é mais indicada para quem só usa um tipo de material para filamento.

Nos exemplos a seguir vamos supor que o valor da linha encontrado tenha sido 1.05.

Usando software controlador

No software controlador envie o seguinte comando para alterar os valores atuais de K:

M900 K1.05

Feito isso, salve a configuração na EEPROM da sua impressora 3D com o seguinte comando:

M500

Dica Pro: Você pode salvar os códigos M900 K… no seu fatiador para ser ativado conforme o filamento usado.

Usando o Marlin

No Marlin, usando o valor de exemplo, descomente e altere o seguinte trecho:

#define LIN_ADVANCE

#if ENABLED(LIN_ADVANCE)
#define LIN_ADVANCE_K 1.05

Feito isso é só compilar e mandar para a impressora.

Impressão Teste(depois)

Imprima novamente o cubo e veja se obteve melhorias

Configurações extra para o Fatiador

Algumas configurações do fatiador podem gerar incompatibilidade com essa função. Portanto é importante desativar as seguintes funções: Pressure advanceCoast at endextra restart length after retract, wipe while retract or combing(os nomes podem mudar dependendo do fatiador)

A distância de retração certamente irá diminuir por conta do grande alívio de pressão que a extrusora obteve, então faça uma re-calibragem dele.

Índice

Última Atualização
20/05/2020
Autor
FelipeNS
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta

×

Carrinho