Review Bluer – Tudo Sobre essa Impressora 3D

Se você anda pesquisando sobre as impressoras 3D com melhor custo benefício certamente se deparou com a Bluer.

Nesse review analisamos cada detalhe dela e comparamos com seus principais concorrentes do mercado.

Review Bluer – Tudo Sobre essa Impressora 3D

Nesse artigo falaremos sobre a nova versão da Bluer, que inclui diversas melhorias no controle de qualidade da preparação do produto e adição de alguns upgrades.

Talvez você tenha visto alguns reviews antigos ou “recentes” que apontam falhas durante o processo de preparação, porém, essas falhas foram sanadas. Uma boa maneira de observar a versão da sua Bluer é analisar o tipo de extrusora utilizado por ela.

Se for uma extrusora dourada de metal essa é a versão antiga. Se for uma extrusora preta do tipo BMG essa é a nova.

Facilidade de Uso

Review Bluer - Tudo Sobre essa Impressora 3D 1

O fator mais importante para um iniciante. Será que você conseguirá mexer nessa impressora 3D? Será que é muito difícil?

Montagem

Assim como qualquer outro kit de impressora 3D, a Bluer vem desmontada para facilitar o transporte.

Como sempre falamos aqui no blog, apesar de parecer, coisa de outro mundo a ideia de se montar uma impressora 3D, você pode ficar tranquilo. Todo o processo de montagem é guiado por tutoriais de montagem, tanto em vídeo quanto em manual impresso como se fossem peças de LEGO. Isso possibilita que qualquer um seja capaz de monta-la sem dificuldades!

Você só precisará de tempo livre disponível.

peças-bluer

Tempo de Montagem

Experiente: Se for um entendido do assunto é possível que você a monte em cerca de 30 minutos
Novato: Se for um leigo pode levar até 3 horas.

Estrutura

suporte-impressora-3d-bluer

A Bluer utiliza suportes de alumínio na conexão da base com a estrutura vertical. Isso traz muito mais estabilidade.

Ao contrário dos modelos de impressoras concorrentes como a Ender e Tarantula Pro que prendem essas estruturas apenas com parafusos.

Design

Com peças de suporte de alumínio anodizado azul muito bonitas e robustas, a Bluer passa a ideia de uma impressora muito sólida e bonita.

Tamanho

Como toda sua eletrônica fica debaixo da impressora ela consegue ser muito compacta. Com um volume de impressão de 235*235*280mm essa impressora 3D ocupa um espaço de 410*400*520mm após montada.

Até mesmo impressoras com mesas de impressão menores como a Longer LK4 ocupam mais espaço que a Bluer.

Organização dos Cabos

A organização dos cabos é boa e prática. Ela utiliza um organizador de cabos ligeiramente rígido que se abre para maior facilidade no manuseio dos cabos.
A praticidade vem com o custo da aparência da impressora ficar um pouco prejudicada. Se isso for um problema você usar malhas expansíveis.

Display

Essa impressora possui um display touchscreen da Makerbase, ele possui uma boa sensibilidade ao toque. Algumas versões mais antigas do menu eram pouco intuitivas, no entanto, isso vem melhorando.

Superfície da Mesa

A Bluer utiliza uma superfície flexível que pode ser colada na mesa de impressão ou em uma superfície de vidro.

As mesas de impressoras 3D costumam ter pequenas ondulações em sua superfície oque pode prejudicar as primeiras camadas, nesse caso seria melhor utilizar uma superfície de vidro por serem mais “retas”.

No entanto, a superfície flexível adiciona uma boa estabilidade nessas ondas além de que as mesas de vidro adicionam um peso extra na mesa que pode prejudicar suas impressões.

Então por questão de simplicidade recomendamos que instale a superfície diretamente na mesa.

Qualidade de Impressão

review bluer

A Bluer possui uma ótima qualidade de impressão. Após feitos todos os ajustes no fatiador consegue-se resultados de peças que mais parecem injetados.

Exemplos de Peças Feitas na Bluer

Review Bluer
Alguns exemplos da qualidade das peças feitas pela comunidade.

Velocidade

Velocidade pode parecer algo interessante apenas para os apressados, porém uma impressora com boa velocidade de impressão e de aquecimento pode fazer toda a diferença.

Velocidade de Impressão

Estrutura reforçada – Como mostrado anteriormente aqui no Review Bluer. Sua estrutura parece ter alcançado o limite de estabilidade em impressoras cartesianas de entrada e isso é de vital importância na velocidade máxima de alcançada.

Extrusora BMG – Sua extrusora BMG também contribui com isso. Entregando mais torque e uma resposta mais eficiente da extrusão do filamento.

Correias Clone Gates – Também conhecidas como correias anti-skid, elas possuem uma melhor aderência e portanto um menos índice de perda de passos em comparação com os modelos tradicionais. Isso resulta em uma possibilidade ainda maior de velocidade.

Placa de 32 bits com TMC2208 – Sua maior capacidade de memória e processamento lhe garantem mais velocidade ao se gerar os cálculos dos movimentos.

Tudo isso garante uma boa velocidade de impressão de até 140mm/s que se consegue alcançar sem muita dificuldade e sem perdas muito significativas na qualidade da peça.

Velocidade de Aquecimento

Uma ótima aposta dessa impressora é sua fonte de com tensão de entrada de 110/220V 360W e tensão de saída de 24V. Isso garante o poder de fogo necessário para você conseguir deixar sua mesa pronta para impressão em poucos minutos.

Além disso, a Bluer possui um cartucho aquecedor de 50W que garantem pelo menos mais uns 25 segundos a menos de espera para o aquecimento total.

Materiais Aceitos

A capacidade de imprimir com os materiais mais comuns do mercado está diretamente ligado a potência da fonte.

Como dito anteriormente aqui na Review Bluer, ela possui uma fonte potente e com isso consegue imprimir com os mais tradicionais filamentos do mercado.

Em baixo da mesa, existe uma manta de isolamento que ajuda a manter a temperatura desejada.

Além disso, a extrusora BMG permite uma maior facilidade em se trabalhar com filamentos flexíveis.

Exemplos de filamentos aceitos: PLA, Flexível, ABS, PETG, Nylon, Wood, PVA, HIPS.

Manutenção

A manutenção da Bluer, seja a curto ou a longo prazo, será necessária assim como para qualquer outra impressora 3D.

Impressoras 3D apresentarão pequenos problemas com frequência. Esses problemas são fáceis de se resolver sozinho. Ficar a mercê de suporte técnico(por melhor que ele seja) não é uma boa ideia.

Reposição e Upgrades

Por utilizar peças populares no mercado de impressão 3D é muito fácil encontrar peças para reposição ou upgrades da impressora 3D Bluer.

A dúvida que pode surgir é se aquela peça realmente vai caber. Para isso criamos um guia de peças para Bluer que mostra as principais peças de reposição e upgrades específicos para essa impressora 3D.

Você pode conferir aqui: Link

Resumo dos diferenciais da Bluer

Resumo Review Bluer

  • Cartucho aquecedor – Modelo de 50W com mais potência de aquecimento.
  • Dissipador Chimera melhorado – Novo modelo onde a usinagem é feita de um lado ao outro garantindo melhor refrigeração.
  • Termistor de alta temperatura – Modelo termistor que aguenta temperaturas maiores, além de uma conexão mais segura.
  • Suportes em alumínio – Mais estabilidade
  • Sensor de fim de filamento – Mais segurança durante as impressões.
  • Tensionadores de correia X e Y em alumínio – Mais praticidade e firmeza no tensionamento.
  • Extrusora BMG – Mais torque e variedade de filamentos aceitos.
  • Molas de boa qualidade – Melhoria na estabilidade da mesa.
  • Display touchscreen – Uma melhor experiência de uso.
  • Correias Anti-skid – Mais precisão na movimentação dos eixos.
  • Mesa para ABS – Mesa com rápido aquecimento e que aceita ABS.
  • Manta de isolamento – Ajuda a mesa a manter uma temperatura estável.
  • Placa de 32 bits – Melhoria de velocidade, novas funções e entre outros.
  • Drivers TMC2208 – Drivers TMC2208 para os eixos X e Y, deixando esses motores bem silenciosos.

Bluer ou Ender 3

Comparação completa

  • Placa de 32 Bits da Bluer contra 8 bits de dificil reposição da Ender 3.
  • Comunidade maior da Ender 3, porém comunidade da Bluer já possui tamanho significativo.
  • Bluer mais robusta, possui melhor extrusora, mais segura, mais velocidade, mais qualidade.

E a Enver 3 v2?
Essa impressora não trouxe melhorias significativas que justificassem o preço.

Bluer ou Tarantula Pro

  • A Tarantula Pro não alcança temperatura suficiente para se imprimir em ABS.
  • Volume de impressão da Bluer possui 30mm a mais de altura máxima.
  • A estrutura da Tarantula Pro não é tão robusta quanto a da Bluer.

Bluer ou Anet ET4

  • A Bluer possui uma area de 235x235x280 contra 220x220x250 da Anet.
  • A placa da Bluer possibilita a troca dos drivers enquanto a Anet possui drivers embutidos.
  • A placa da Bluer é de fácil reposição enquanto da Anet é de fabricação exclusiva.

Bluer ou Longer LK4

  • A Bluer possui uma area de 235x235x280 contra 220x220x250 da Longer.
  • Placa de 32 bits da Bluer contra uma placa de 8 bits de difícil reposição da Longer.

Especificações

  • Fabricante: Two Trees
  • Ano de lançamento: 2020
  • Volume de impressão: 235 x 235 x 280 mm
  • Sistema de alimentação: Bowden
  • Temperatura máxima do hotend: 260ºC
  • Temperatura máxima da mesa: 100ºC
  • Tamanho do bico: 0,4 mm
  • Diâmetro do filamento: 1,75 mm
  • Nivelamento: Manual
  • Conexão: USB, Cartão SD
  • Sensor de filamento: Não
  • Câmera: Não
  • Materiais aceitos: Materiais mais comuns(PLA, ABS, PETG)
  • Tamanho da impressora: 410 x 400 x 520 mm
  • Peso da impressora: 7,5 kg

Conclusão Review Bluer

A Bluer entrega algumas funções que vão significativamente além do que as impressoras de entrada vinham entregando.

Tudo isso garante a ela o título de “Melhor impressora custo benefício de 2020” entre as opções de impressoras de entrada. Deixando suas concorrentes para trás com uma significativa margem de distância.

Índice

Última Atualização
27/09/2020
Autor
FelipeNS
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
×

Carrinho